segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Frida (2002) HQ trailer

Documental Frida Kahlo

Notre Dame de Paris song 19 Belle

Garou -- L'adieu

Alzheimer : Message d'Annie Girardot

Morreu a grande actriz francesa Annie Girardot aos 79 anos.
Morreu pacificamente, dizem os jornais... não foi assim pacífica a sua vida, nem a sua doença terrível, Alzheimer.
Vi quase todos os seus filmes, na altura ainda em Luanda.
Era magnífica, a sua voz meia rouca e doce, a sua gargalhada característica, a naturalidade com que desempenhava qualquer papel... lembro-me tão bem e há muitos anos que não vejo filmes dela.
Que pena que o cinema francês, o italiano, o inglês, o alemão , o sueco, até o nosso português(mais pobrezinho) e o espanhol tenham sido postos de lado, preteridos , engolidos pela gigantesca máquina de Hollywood.
Pena não nos deixarem ver e ouvir o que de bom os europeus fazem... sem ser o euro, a dívida soberana, a politiquice.
A Cultura europeia não pode morrer, os governantes têm essa responsabilidade!

Brigitte Bardot parle d'Annie Girardot...

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

O meu ídolo - Paul Newman


Paul Newman foi o meu ídolo de adolescente. Quando havia um filme dele lá num cinema de Luanda, o meu pai brincava comigo e dizia a rir «Hoje vamos ao cinema... há um filme do Paulo»

Primeiro foi a sua grande beleza (sempre gostei de homens bonitos eheheheh), depois admirei o seu valor de actor.

Ao longo dos anos Paul Newman foi dando provas do excelente actor que era!

Já adulta continuei a seguir o meu ídolo, nas acções de apoio a causas, como a de ajuda no tratamento dos toxicodependentes (seu filho morreu de overdose), nas suas tomadas de posição política em defesa de um mundo mais justo... também o admirava pela sua coragem e perícia ao volante de bólides nas pistas de Indianapolis (correu até aos oitenta e dois anos).

Sobretudo admirei o meu ídolo até ao fim da sua vida pela integridade do seu carácter!


Era uma adolescente quando fiz o retrato de Paul Newman, que felizmente consegui trazer de Luanda, nos conturbados tempos da penosa descolonização. Ficaram lá muitos desenhos meus, mas este está comigo...

Paul Newman

Patxi Andion, La casa se queda sola

Serge Reggiani - Ma Liberte

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Musicians inspired by Brigitte Bardot Part 1: Tributes

DESENHOS MEUS
















Resolvi perder a timidez e mostrar-vos um dos meus hobbies, desenhar!!!





(pintar também, mas fica para a próxima).





Comecei a desenhar bem miúda e mostrava talento, durante anos sonhei ir de Luanda para as BELAS ARTES em Lisboa... mas meu pai dizia que a filhinha dele não, isso era coisa de boémios, «pintora!» desdenhava, «depois ia ganhar a vida de quê?» NÃO, determinante. Fui para Letras , que eu amava igualmente, mas continuei a pintar nos tempos livres... só que não existem bons artistas em "part-time", é preciso "treinar a mão" todas as horas de todos os dias, tal qual um atleta de alta competição, músico virtuoso ou bailarino incansável até ao limite das forças!!!





Auto-didacta (saí com o jeito de minha mãe e também ela foi impedida de viajar de Olhão para Lisboa, por um pai preconceituoso), digo auto-didacta porque no meu tempo o liceu não ensinava muito de desenho artístico, cada um ficava entregue a si próprio e, ainda por cima aconteceu ver os meus desenhos desclassificados pelo professor Torres, que dizia que não eram feitos por mim! A vingança foi arrancar um 17 no exame, à conta do desenho à vista, porque no geométrico era apenas razoável, e ir "esfregar a nota" na cara do professor !!!

Arquivo do blogue

Seguidores

Os melhores amigos

Os melhores amigos
Companheira de vida

Número total de visualizações de página