segunda-feira, 23 de março de 2009

ENSINAR AS CRIANÇAS A AMAR

Quem já me conhece sabe que tenho paixão pelos cães (todos os animais eu respeito e amo). No entanto, dediquei a minha vida às crianças, que são seres fabulosos na sua capacidade de aprendizagem. Ligando esses meus dois amores, tentei sempre educar uns e outros para a amizade, o respeito mútuo e a cooperação em muitas tarefas que não são apenas uma forma de entreajuda (por vezes preciosa), mas também de enriquecimento afectivo. Na minha qualidade de professorinha senti a responsabilidade de alertar os meus alunos para a extrema importância de todos os animais, focalizando , é claro, os cães, pois são os que cohabitam connosco. Usei as minhas cadelas: 1º a doce Pastora- alemã Targa, falecida com 11 anos, e agora a gentil e sociável Lady Nuska (que nasceu na minha Escola), como meio de socialização com crianças medrosas, inseguras, tímidas e até com fobias. Os resultados são motivantes e exerço essa missão todos os dias, na comunidade. Existem milhares de histórias cujos protagonistas são cães (muitas delas reais), há inclusivamente grandes nomes da Literatura que escreveram sobre cães. Registo aqui ,e aconselho vivamente a sua leitura, os seguintes: "Timbuktu "de Paul Auster, "O Cão e os Caluandas"de Pepetela e "Cão como nós" de Manuel Alegre. Para a próxima falo-vos de mais e talvez me possam indicar outros livros para a minha colecção de cães. POR FAVOR NÃO ABANDONEM OS VOSSOS AMIGOS CÃES E GATOS... E as férias vão saber-vos melhor. Beijinhos.

2 comentários:

Anónimo disse...

e tudomuito bunito e nao falas dos caes perigosos.sao so tretas.se calhar nehum te mordeu.mas tb concordo k nao se abandonam os bichos ate pq provocam acidentes nas ruas e estradas

Anónimo disse...

Oh "anónimo"!!
Para além de vc ser um COBARDE (como é um anónimo)e um ANALFABETO primário(veja-se os erros ortográficos), demonstra ser uma besta completa, digno de um dia um desses cãezinhos cheirarem o fedor das suas entranhas e, num acto de limpeza ecológica e saneamento demográfico, lhe as arrancarem, com os dentes "sagrados" dos animais superiores, não sem antes rasgarem por completo as suas jugulares e as carótidas, qual banho de sangue deliciosamente acompanhado ao som das "Valquírias" de R. Wagner!!
Jorge e Rosa

Arquivo do blogue

Seguidores

Os melhores amigos

Os melhores amigos
Companheira de vida

Número total de visualizações de página