terça-feira, 8 de março de 2011

PARTE II - A Arte das grandes Civilizações Antigas



Referimo-nos, é claro, ao Próximo Oriente : Antigo Egipto, Antiga Grécia, Mesopotâmia, Síria... de onde nos chegam, através de descobertas arqueológicas, exemplos de esculturas e pinturas, que mais uma vez, retratam a religiosidade e simbolizam a fertilidade e a força física, através de animais como o touro e o boi.

Os deuses eram também representados por animais: o falcão, o leão, a cobra, a águia.

Eram animais fortes, possantes e poderosos , considerados sagrados pelos egípcios. Podem ser vistos em máscaras mortuárias folheadas a ouro dos reis e faraós.


* Na figura à direita vê-se a máscara do jovem rei egípcio Tutancamon, 1352a. C.

Apresenta a barba real entrançada e na fronte pode ver-se a cobra sagrada e o abutre, símbolos da dignidade real.


Foi um período riquíssimo o do Império Antigo, em que todas as formas de arte e da arquitectura atingiram elevados níveis de qualidade e de utilização de diversos materiais. .

O ponto mais alto, uma das maravilhas do mundo, foi feito neste período - A Grande Pirâmide de Quéops, em Gisé, 2500a. C.



* Na figura à esquerda observemos A Deusa das Serpentes, pequena figura de terracota esmaltada, proveniente de Creta: é um modelo de graciosidade e mostra-nos a elegância feminina na civilização minóica de Creta.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Seguidores

Os melhores amigos

Os melhores amigos
Companheira de vida

Número total de visualizações de página